Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial > Índice de Competitividade
Início do conteúdo da página

Índice de Competitividade

Publicado: Sexta, 17 de Junho de 2016, 13h22 | Última atualização em Quinta, 09 de Março de 2017, 16h25 | Acessos: 1930

IDENTIFICAÇÃO:

Nome: Índice de Competitividade

Descrição: Os dados apresentam os resultados do Índice de Competitividade do Turismo Nacional, em nível Brasil e individual, para cada um dos 65 municípios avaliados. O índice permite avaliar e monitorar o nível de competitividade a partir da avaliação das condições da oferta de equipamentos e serviços local, ambiente de negócios e a rede empresarial, as condições da infraestrutura de serviços básicos para receber os visitantes e o seu posicionamento de mercado do destino pesquisado, possibilitando o planejamento por parte dos gestores públicos pelos resultados levantados em suas 13 dimensões, bem como pela série histórica que se forma desde 2008.

Formato: CSV

Referência: O estudo utiliza a metodologia de pesquisa sobre competitividade desenvolvida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em parceria com o Ministério do Turismo e o SEBRAE Nacional, que foi  aplicada nos anos de 2008, 2009, 2010, 2011, 2013, 2014 e 2015 em  65 municípios.

Área responsável: Departamento de Estudos Econômicos e Pesquisas (DEPES)

Identificação dos dados:

Coluna A

UF

Unidade da Federação

Coluna B

Destino

Município

Coluna C

Tipo

Capital / Não Capital

Coluna D

Índice Geral

Para que fossem obtidos os índices de competitividade de cada destino, realizaram-se somas ponderadas dos índices obtidos em cada uma das 13 dimensões avaliadas. Assim, os pontos obtidos em cada pergunta foram somados e multiplicados pelo peso da variável correspondente. O somatório desses cálculos corresponde aos índices de cada dimensão*

Coluna E

Infraestrutura

Para compor o resultado da dimensão Infraestrutura geral, foram avaliados quesitos referentes às seguintes variáveis: capacidade de atendimento médico para o turista no destino; estrutura urbana nas áreas turísticas; fornecimento de energia; e serviço de proteção ao turista*

Coluna F

Acesso

Analisou-se a dimensão Acesso por meio das seguintes variáveis: acesso aéreo; acesso rodoviário; acesso aquaviário; acesso ferroviário; sistema de transporte no destino e proximidade de grandes centros emissivos de turistas*

Coluna G

Serviço e Equipamento

A dimensão Serviços e equipamentos turísticos foi dividida nas seguintes variáveis: sinalização turística; centro de atendimento ao turista; espaços para eventos; capacidade dos meios de hospedagem; capacidade do turismo receptivo; estrutura de qualificação para o turismo; e capacidade dos restaurantes*

Coluna H

Atrativos

O índice desta dimensão é composto a partir da análise das variáveis atrativos naturais; atrativos culturais; eventos programados; e realizações técnicas, científicas ou artísticas*.

Coluna I

Marketing

Na composição do índice da dimensão, consideraram-se aspectos avaliados nas seguintes variáveis: plano de marketing; participação em feiras e eventos; promoção do destino; e estratégias de promoção digital*

Coluna J

Políticas Públicas

Analisou-se a dimensão Políticas públicas seguindo as variáveis: estrutura municipal para apoio ao turismo; grau de cooperação com o governo estadual; grau de cooperação com o governo federal; planejamento para a cidade e para a atividade turística; e grau de cooperação público-privada*

Coluna K

Cooperação Regional

Governança; projetos de cooperação regional; planejamento turístico regional; roteirização; e promoção e apoio à comercialização de forma integrada foram as variáveis analisadas nesta dimensão.

Coluna L

Monitoramento

As variáveis que compõem o índice desta dimensão são pesquisas de demanda, pesquisas de oferta, sistema de estatísticas do turismo, medição dos impactos da atividade turística e setor específico de estudos e pesquisa*

Coluna M

Economia Local

Na dimensão Economia Local, consideraram-se as seguintes variáveis:

aspectos da economia local; infraestrutura de comunicação; infraestrutura e facilidades para negócios; e empreendimentos ou eventos alavancadores*

Coluna N

Capacidade Empresarial

A dimensão Capacidade empresarial é analisada por meio das seguintes variáveis: capacidade de qualificação e aproveitamento do pessoal local; presença de grupos nacionais ou internacionais do setor de turismo; concorrência; e barreiras de entrada e geração de negócios e empreendedorismo*

Coluna O

Aspectos Sociais

Na dimensão Aspectos Sociais, as variáveis analisadas foram: acesso à educação; empregos gerados pelo turismo; uso de atrativos e equipamentos turísticos pela população; cidadania, sensibilização e participação na atividade turística; e política de enfrentamento e prevenção à exploração de crianças e adolescentes*

Coluna P

Aspectos Ambientais

As variáveis que compõe o índice desta dimensão são: estrutura e legislação municipal de meio ambiente; atividades em curso potencialmente poluidoras; rede pública de distribuição de água; rede pública de coleta e tratamento de esgoto; coleta e destinação pública de resíduos e patrimônio natural; e unidades de conservação no território municipal*

* Conforme conceito definido no Relatório do Índice de Competitividade do Turismo Nacional

Download

*

Fim do conteúdo da página